segunda-feira, 26 de junho de 2006

Coisas a se fazer em São Paulo em um fim de semana:

- Passear de bicicleta dupla no Parque do Ibirapuera (uma espécie de Parque da Cidade com água e árvores verdes ou um Central Park tupiniquim);
- Conhecer a 25 de Março e descobrir que só naquela rua é movimentado mais de R$ 3 bilhões ao ano;
- Ir ao Mercado Municipal. Andar a esmo. Comer melancia, abacaxi, qualquer outra fruta das diversas exóticas - tipo groselha, R$ 25 a caixinha;
- Ainda no Mercado Municipal, comer pastel de bacalhau e / ou sanduíche de mortadela. Ambos com muito, mas muito recheio;
- Galeria do Rock, comprar um all star branco de couro. Conferir de longe um show de death metal. Sentir-se completamente distante daquelas pessoas vestidas de preto, fantasiadas de punk;
- Andar até o Bexiga e escutar forró, samba, rock, e até música francesa;
- Ver um traficante vender um papelote à luz do dia;
- Encarar um spaghetti à la napolitana com inúmeras garrafas de vinho no Speranza;
- Dormir cedo;
- Conhecer o bairro da Liberdade e ter vontade de voltar lá sempre;
- Adquirir garrafas de saquê importado por menos de R$ 20;
- Comer em um japonês verdadeiro;
- Voltar para casa para descansar um pouco;
- Sair de noite, num domingo, ignorando que o dia seguinte seria - é - segunda. Ir a "A Louca". Mas ir acompanhado de sua mulher, só por precaução;
- Encarar a boate como um estudo antropológico;
- Dormir pouco, quase nada. Acordar cedíssimo, para fugir do engarrafamento e chegar a tempo no aeroporto. Dormir no táxi, no aeroporto, no avião;
- Chegar em casa acabado.

2 comentários:

Mala disse...

Faltou aproveitar o frio pra comer uma sopra no pão italiano na "Casa do Padeiro", na Rua Augusta... :-)

Ronaldo disse...

Sabe como é que é, tem-se pouco tempo para fazer tudo o que deseja, acaba-se fazendo apenas metade das coisas...

já colocou o érre-ésse-ésse lá no subvercine?

abraços