terça-feira, 21 de agosto de 2007

Cadê o porquinho?

Num fim de semana animado, em que vimos "Ratatouille", "Shrek, o terceiro" e "Os Simpsons" fiquei com a noção do óbvio: o melhor cinema produzido pela indústria americana é a animação. Eles que gostam tanto do conceito de filme de gênero, criou um que pode ser qualquer coisa, mas que tem sempre o mesmo tipo enredo, com forte raízes da narrativa mais tradicional.

Tive um problema grave com "Ratatouille", mas me disseram que é a melhor animação já feita. Misturando conceitos de 2d (do povo da Disney) com 3d (da Pixar). Quem sou eu para discutir. Já "Shrek..." me pareceu mais do mesmo. A piada já foi contada, não tem tanta graça assim...

Entretanto, "Simpsons" me pareceu engraçadíssimo. Talvez porque não via um episódio há muito tempo, talvez porque eles realmente capricharam, talvez porque atingiu a expectativa que eu tinha dele. A única questão que fica, após terminar de vê-lo, é: para onde foi o porquinho, causador de toda a tragédia da família?

2 comentários:

Filipe disse...

Sabe que eu me fiz a mesmíssima pergunta quando eu vi "Os Simpsons"?

Sem contar que, realmente nos últimos anos os melhores filmes que eu vi no cinema foram animações. Talvez o sucesso seja pela forma mais livre com que o cineasta trabalhe com suas personagens...

Ronaldo disse...

É... eu penso um pouco por esse lado, em relação às animações. Meu raciocínio é: os animadores ainda são loucos que não foram cooptados pelo cinemão hollywoodiano.

Mas talvez eu esteja sendo apenas um otimista.

abraços