sábado, 11 de outubro de 2008

Questão de gosto

Não é pedantismo, mas acho que tenho bom gosto - seja lá o que isso queira dizer. Não é pedantismo porque não quero mostrar para os outros a única coisa boa a se gostar. Longe de mim. E, agora pensando, concluo que, talvez, todas as pessoas tenham bom gosto - para elas mesmas.

Dito isto, tenho a acrescentar: e quando se lê algo próprio que não ficou bom, que não agradou? Saber que quem escreveu aquilo não consegue fazer melhor é um pouco deprimente. Me agarro na idéia que o importante é apenas escrever. O que dá prazer é escrever, repito como um mantra. Mas seria dispensável o leitor? A essa questão, não sei a resposta.

Um comentário:

Micatri disse...

Eu acho que não, e Habermas tb.