sexta-feira, 23 de junho de 2006

Ao contrário dos outros 179.999.999 brasileiros, não escalo uma Seleção perfeita para chegar ao hexa. Ou seja, não sou um "técnico". Enquanto todo mundo estava falando que devia entrar o Juninho no lugar do Ronaldo, adiantar o Ronaldinho e ficar com um time mais sólido, eu ficava só perdido em divagações.

Mas, se me fosse concedido apenas um desejo, eu colocaria o Robinho no lugar do Adriano. Ah, isso eu faria. Dois postes lá na frente não servem nem para iluminar a defesa adversária.

2 comentários:

batata disse...

Vai torcer pra argentina mané!

Ronaldo disse...

Torcer para a Argentina, no caso, apenas serve para ter uma alegria, caso a minha principal motivação não seja cumprida.

Ou porque me considero pé-frio o suficiente e quero enganar o meu azar fingindo torcer por outro time.

Ou porque acho que o time deles é bom o suficiente para acabar com a rivalidade Brasil x Argentina.

Ou porque... porque... ah, sei lá. Para ser do contra.

Mas, mesmo assim, prefiro que o Brasil vença.